Ecografia Ocular

O que é a ecografia ocular?

O exame de ecografia ocular, também chamado de ultrassom ocular, é um exame que utiliza ondas de ultrassom, da mesma forma em que outros exames de ecografia, nos quais as ondas são emitidas pelo aparelho, atravessam os tecidos e estruturas a serem estudas e conforme são refletidos em diferentes tempos e intensidades as imagens são reconstruídas no computador.​ É um exame não invasivo, indolor, de rápida execução e sem efeitos adversos, mas é um exame que requer um médico treinado para sua realização, pois como trata-se de um exame dinâmico, o diagnóstico é feito durante a realização do exame e não após.

Qual o objetivo da ecografia ocular?

A ecografia ocular é importante geralmente em situações onde não conseguimos ter uma boa visualização do fundo de olho para avaliar a retina e o nervo óptico por exemplo. Condições como cataratas muito avançadas, opacidades de córnea, opacidades vítreas como hemorragias ou inflamações (vitreíte, uveíte), onde não se consegue realizar os exames de fundo de olho e mapeamento de retina, a ecografia ocular é muito importante. Algumas situações mesmo podendo-se enxergar o fundo de olho podem necessitar a realização do ultrassom ocular, como, por exemplo, um nevus de coróide suspeito, situação em que existe uma manchinho no fundo do olho, semelhante a uma mancha de pele, onde quer se avaliar melhor se é uma lesão benigna ou um câncer.

Como o exame é realizado?

O exame é feito de forma semelhante a outras ecografias, o paciente pode ficar sentado ou deitado e com olho aberto ou fechado, caso opte-se por fazer com o olho aberto, são pingadas gotas de anestésico. É colocado gel na ponta da sonda e está encosta no olho, podendo este estar aberto ou fechado, neste caso a sonda toca as pálpebras. Movimentando-se a sonda em diferentes direções para serem avaliadas todas as regiões do olho e possivelmente até atrás do olho.

Que doenças a ecografia ocular pode diagnosticar?

Com a ecografia podemos averiguar se a retina está colada ou descolada, se o nervo óptico está normal ou se existe alguma escavação muito grande (glaucoma), casos onde pode haver restos de catarata dentro do olho estas podem aparecer na ecografia. Situações de tumores de coróide como o próprio melanoma. Doenças da parte posterior do olho como a esclerite posterior.​

Na imagem abaixo podemos observar ecografia ocular mostrando a presença de um melanoma de coróide:



 
 

ecografia melanoma de coróide.png