Maculopatia por cloroquina

As medicações conhecidas como antimaláricas, cloroquina e hidroxicloroquina, além do uso para a malária, tem sido amplamente utilizadas no tratamento das doenças reumatológicas, como o lupus eritematoso sistêmico e a artrite reumatóide, por exemplo, e atualmente tem sido indicada também para outros tipos de doenças. Tais medicações sabidamente podem ser tóxicas para a retina, sendo a cloroquina muito mais tóxica, atualmente tem se usado muito mais a hidroxicloroquina, que apresenta menos toxicidade.

A toxicidade, quando ocorre, danifica principalmente os fotorreceptores e também o epitélio pigmentar da retina na região macular, perifoveal. A doença é chamada de maculopatia em olho de boi pois tem um aspecto arredondado no fundo de olho.

Todo paciente que faz uso de alguma destas medicações tem indicação de revisões anuais com oftalmologista e a realização de exames de campo visual computadorizado e tomografia de coerência óptica (OCT) todos os anos. O objetivo das revisões anuais com a realização dos exames é detectar o problema da maculopatia antes que a visão do paciente seja afetada. Nos estágios iniciais da maculopatia por antimalárico o paciente não tem sintomas, bem como o fundo de olho é normal, sendo o OCT o primeiro exame onde a doença aparece, como uma alteração das linhas da retina externa seguida por um afinamento destas regiões.

Quando detectadas as alterações iniciais, se forem compatíveis com maculopatia medicamentosa, o remédio deve ser suspenso, para que a situação não se agrave, afetando a visão do paciente. Em casos extremos pode haver um comprometimento muito sério da visão, mas, devido ao maior uso da hidroxicloroquina e não mais da cloroquina, bem como às indicações de acompanhamento por parte de oftalmologista, esta situação mais grave quase não tem sido vista atualmente.

O importante é que o paciente siga as recomendações médicas, faça as avaliações conforme preconizado e não inicie ou suspenda a medicação sem orientação do seu médico.

Autor: Dr. Mário César Bulla

Cremers 28120

Médico Oftalmologista - Especialista em Retina