Tomografia de Coerência Óptica (OCT)

O que é OCT?

A tomografia de coerência óptica (OCT) é um exame de imagem não invasivo que permite avaliação precisa da retina. A OCT usa ondas de luz que são refletidas pela retina  e formam imagens com grande aumento e resolução, lembrando imagens que geralmente são obtidas através da realização de biópsia. Com a OCT, seu oftalmologista pode ver cada uma das camadas distintas da retina.  Algumas medidas realizadas pelo exame podem orientar o tratamento para o glaucoma e doenças da retina. Essas doenças da retina incluem degeneração macular relacionada à idade (DMRI) e doença ocular diabética (retinopatia diabética), por exemplo.

O que acontece durante a OCT?

Você se sentará em frente à máquina da OCT e descansará a cabeça em um suporte para mantê-la imóvel. O equipamento irá então escanear seu olho sem tocá-lo. A digitalização demora cerca de 5 a 10 minutos. O exame pode ser realizado com ou sem dilatação de pupilas.

Que tipo de doenças a OCT pode ajudar a diagnosticar?

Várias doenças podem ser diagnosticadas e melhor avaliadas pela OCT, dentre as quais destacamos: membrana epirretiniana, buraco macular, edema macular, serosa central, tração vitreorretiniana, degeneração macular relacionada à idade (DMRI) nas formas seca e exsudativa, glaucoma.

 

Há alguma situação em que a OCT não possa ser realizada?

Como a realização do exame depende da chegada de luz ao fundo de olho, doenças que impeçam a passagem de luz devido a opacidades podem dificultar ou impedir a realização do exame, como por exemplo catarata, hemorragia vítrea ou opacidades corneanas. Situações em que não possa ser obtido posicionamento adequado do paciente no aparelho também podem dificultar a realização do exame.

Na imagem abaixo podemos observar OCT mostrando a presença de um buraco macular:



 
 

buraco macular.jpg