Retinopatia de Valsalva

Um exercício físico muito intenso pode levar a hemorragia

dentro do olho?

Valsalva é uma manobra que leva a um aumento muito

grande da pressão intratorácica e este aumento da pressão

dentro do corpo vai fazer com que exista represamento de

sangue dentro do olho, em alguns casos extremos quando a pessoa

realiza uma manobra de Valsalva pode sim haver uma hemorragia

dentro do olho

Em que situações a retinopatia de Valsalva pode ocorrer?

Não apenas nos exercícios mas, por exemplo, pacientes que estão com tosse muito intensa, pacientes que tiveram vômito, fazer força para levantar um peso muito grande ou até mesmo para ir aos pés, há relatos também de músicos que utilizam instrumentos de sopro que fizeram tanta força para soprar um instrumento musical que acabaram tendo retinopatia de Valsalva.

Quais são os sintomas da retinopatia de Valsalva?

O sintoma que a pessoa apresenta ao ter este tipo de hemorragia é uma perda bastante súbita da visão e sem sentir qualquer dor, ou seja, o olho não dói mas, repentinamente, aparece uma mancha preta na frente da visão.

Onde fica esta hemorragia?

O sangue não fica localizado dentro da retina mas sim no espaço pré-retiniano, ou seja, ele vai se localizar entre o vítreo e a retina e este tipo de sangramento quando tem um volume um pouco maior forma uma imagem bastante interessante  que é uma mancha realmente vermelha de sangue com um nível em cima ou seja o sangue ocupa este espaço pré retiniano, este espacinho entre o vítreo e a retina, e acaba formando uma linha reta na parte de cima porque devido à gravidade ele se deposita mais para a parte de baixo e forma um nível na parte superior onde é formada esta linha reta.

 

Apesar de não ser bastante comum e não estarmos aqui, de forma alguma, contra-indicando a realização de exercícios, é importante ressaltar que este tipo de alteração causa muita preocupação porque a visão realmente fica muito ruim enquanto este sangue está na frente da retina.

Como é o tratamento da retinopatia de Valsalva?

Na grande maioria dos casos o tratamento indicado é apenas a observação, nós vamos acompanhar este paciente, porque no período de semanas a alguns meses o organismo geralmente consegue reabsorver todo este sangue e a visão vai voltando ao normal. Casos onde a visão está muito ruim ou então o sangue está demorando demais para desaparecer nós podemos optar por duas técnicas cirúrgicas, uma é a realização de um YAG laser ou seja um disparo de laser nesta membrana hialóide que está segurando o sangue próximo da retina e isto vai causar um orifício na hialóide e vai fazer com que o sangue se espalhe mais por dentro do olho o que facilita a sua reabsorção, o que não vai retirar o sangue para fora do olho mas vai fazer com que eles espalhem mais tornando a visão um pouco mais clara. E a outra opção de tratamento é realização da cirurgia de vitrectomia, que consiste na remoção do vítreo, que é a gelatina interna do olho juntamente com a remoção deste sangue.

Autor: Dr. Mário César Bulla

Cremers 28120

Médico Oftalmologista - Especialista em Retina